segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Mesma vida nova

Finalmente consegui compor as minhas duas primeiras músicas do ano. A primeira, "Mesma vida nova", fala sobre a apatia que nos abate após a adolescência e de como não conseguimos mais sonhar os mesmos sonhos nem rir das mesmas coisas... não porque crescemos e aquilo virou coisa de criança, e sim, porque perdemos a inocência, perdemos a alegria. tudo isso, num insólito monólogo entre você e sua imagem no espelho do banheiro.

Deixe os mortos no porão
Na rotina a rodar
Nossas almas querem mais
E num instante estamos sós

Reconheço que você parou no tempo e já não lembra mais
De tudo o que você gostava
E é por isso que você não quer mais...

As coisas que você queria há um bom tempo atrás
As coisas que você ouvia há um bom tempo atrás
As coisas que você escrevia há um bom tempo atrás
As coisas que você lia há um bom tempo atrás

7 comentários:

Shar* disse...

I like I'm not gonna crack...

Rapaz, acho q o post saiu porque eu tava doooida, de verdade, não mais que nunca mas daquele jeito bom pra se ter um espaço em branco para preencher.

Ah, não enchergo tão mal assim :/

Shar* disse...

Sei lá... Imagina aí qualquer coisa \o/!!!

Rodrigo disse...

parla marcelo. cara, gostei da letra, ou melhor eu gosto desse tipo de letra: intimista, enigmátia. nunca é só o q vc ver, parece q tem sempre algo a mais pra se dscobrir, é só dá uma lida novamente. tem q rolar as parceria ái nehhh

um olhar de soslaio disse...

cara... gostei dos textos. Parabens pelo blog... um grande abraço

um olhar de soslaio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
um olhar de soslaio disse...

cara... gostei dos textos. Parabens pelo blog... um grande abraço

um olhar de soslaio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.